segunda-feira, abril 27, 2009

Sem rascunho



Tê-lo por perto era o suficiente para transformar meu pensar em verbo intransitivo.

Agora estou livre, recuperando a mobilidade.

Me preparo para novos vôos e aventuras.

Me jogo em minhas futilidades e egoísmos.

Pois já penso no singular.

E sou feliz assim.

Simples.

1 comentários:

charro disse...

AAh... Não vai me dizer que você é uma destas pessoas que não gostam de cancerianos???? ai,ai,ai rs.

A dor da perda passa rápido.
Nestas horas sempre costumo cultivar o ódio, mas não que seja boa idéia...

Beijos, moça e bons sonhos!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...