segunda-feira, março 22, 2010

Morte tentada



Tentei morrer
Tentei morrer mas não consegui
Tentei acabar com a minha vida de todas as formas que conheço
Mas em todas as tentativas me via acordando para um novo dia

Todos os dias me via com o sangue coagulado sobre a ferida
Com o corpo pendendo de um precipício imaginado
Comprimidos nunca engolidos
Nenhuma corda no pescoço fino
E os pulsos nunca cortados

Tentei morrer mas não consegui
Imaginei que este seria o descanso da minha alma sofrida
Ensaiei a morte nunca executada
E acordei para um novo dia

2 comentários:

Sérgio disse...

Muiiiiitooo bom!

Bárbara disse...

"Comprimidos nunca engolidos".
Uau!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...