quinta-feira, março 01, 2012

Indefinido


No caminho em que me perdi
Tentando te encontrar
Nada está no lugar
Mas parece melhor assim.

Numa viagem insólita
A distância de um sonho
Do que era tão certo
Malas prontas sem um ponto.

Como na morte de alguém querido
Ficou também o vazio
Memórias das doces palavras
E lágrimas de um tempo bandido.

Sonhos e planos terão novos personagens.
Meus dramas, um novo vilão.
A carta salgada não precisa mais seguir.
Os dias lentos não precisam mais correr.
E a vida pede uma nova razão.


7 comentários:

Roberta disse...

Sempre haverá um vilão pros nossos dramas e um razão para nossas vidaasss.
Nas suas faltas ja programadas pra setembro, vc vem pra caaaaaa :) curtir com a gente na cidade maravilhosa, uhuuuu.
Bjx (com x, rs)

Michelle Machado disse...

Acho que irei antes, viu, muitas viagens programadas e as malas estão sempre prontas! Nesse ano teremos muitos feriados em sextas, quintas, terças... :D

Dani disse...

Gostei do que a Roberta disse: "Sempre haverá um vilão pros nossos dramas e um razão para nossas vidaasss." Fato!

Adorei oq escreveu, vc escreve muito bem!!

E espero da próxima vez que vc vier, conseguir te encontrar!

Bjoooo!!

Anônimo disse...

Linda poesia! Bem melhor q aquelas que vc me mostrava de vc sabe quem! hahaha Saber português é essencial, né?!

Roberta disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pqp

Tb adorei a poesia Miche!!

Laís... disse...

já conhecia esse,Reli! curti

Nilo Baz disse...

É uma bela poesia, carregada de sentimentos. Muito bom. ^^

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...